Terça, 28 de Maio de 2024
Publicidade

Flamengo não responde consulta da CBF sobre paralisação do Brasileirão devido às enchentes no RS

Clube carioca, juntamente com Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Bragantino, não se manifestou sobre suspensão dos jogos

16/05/2024 às 12h07
Por: Tatiana Lemes
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Flamengo, juntamente com outros quatro clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, optou por não responder à consulta feita pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sobre a possibilidade de parar ou manter a competição em decorrência das enchentes que assolaram o estado do Rio Grande do Sul. Além do Rubro-Negro carioca, Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Bragantino também não deram retorno à solicitação da entidade.

Continua após a publicidade
Anúncio

Segundo um dirigente do clube, o Flamengo não compreendeu que o documento enviado pela CBF aos clubes necessitava de resposta, uma vez que já estava agendada uma reunião do Conselho Técnico para o dia 27. O clube entendia, conforme esse dirigente, que a decisão de paralisar ou não a competição seria tomada somente durante esse encontro.

A posição do Flamengo já foi tornada pública pelo diretor de futebol do clube, Bruno Spindel, que defendeu conceitualmente que a paralisação seria prejudicial.

Receba as principais notícias do Brasil pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do WK Notícias. 

*Com informações Metrópoles

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Campo Grande, MS
10°
Tempo nublado

Mín. 10° Máx. 17°

Sensação
5.14km/h Vento
82% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h06 Nascer do sol
06h06 Pôr do sol
Qua 19° 10°
Qui 23° 10°
Sex 26° 13°
Sáb 29° 15°
Dom 32° 18°
Atualizado às 09h02
Economia
Dólar
R$ 5,16 -0,32%
Euro
R$ 5,60 -0,21%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,50%
Bitcoin
R$ 371,996,81 -2,24%
Ibovespa
124,775,64 pts 0.22%
Publicidade