Quinta, 13 de Junho de 2024
Publicidade

Corinthians perde patrocínio de R$ 70 milhões do Mercado Livre após conflito

Clube paulista enfrenta controvérsia envolvendo empresa fictícia e corre risco de rescisão de contrato com a principal patrocinadora, Vai de Bet

25/05/2024 às 19h00
Por: Tatiana Lemes
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Corinthians enfrenta um revés significativo em suas finanças, com a perda de um patrocínio anual de R$ 70 milhões do Mercado Livre. A decisão da empresa de comércio eletrônico veio após um conflito com o intermediário da Vai de Bet, principal patrocinadora do clube. Segundo fontes da Revista Oeste e do colunista Samir Carvalho do UOL, o Mercado Livre tinha a intenção de exibir sua marca no uniforme do time, mas desistiu devido a uma disputa em curso.

Continua após a publicidade
Anúncio

A polêmica envolve dirigentes do Corinthians e uma empresa fictícia que utilizou um "laranja" no acordo, e agora está sob investigação. Sérgio Moura, superintendente de marketing do clube durante a gestão de Augusto Melo, se afastou do cargo após as acusações.

Na última sexta-feira, a Vai de Bet emitiu uma nota oficial expressando preocupação com a imagem de sua marca diante do cenário. Na declaração, a empresa afirmou ter estabelecido contato apenas com Alex Cassundé para negociar com o Corinthians. Cassundé é o proprietário da Rede Social Media Design LTDA, que recebeu R$ 25,2 milhões do clube pela mediação do acordo.

A Vai de Bet está monitorando de perto a situação e cogita rescindir o contrato com o Corinthians, avaliado em R$ 365 milhões por três anos. Em sua nota, a empresa reforçou sua versão dos fatos, afirmando que foi contatada por um agente intermediário para iniciar as negociações com o clube, e nunca teve contato com outras empresas para tratar do acordo de patrocínio.

A situação coloca o Corinthians em uma posição delicada, não só pela perda do patrocínio, mas também pelo risco iminente de rompimento do contrato com sua principal fonte de receita. O clube terá que lidar com os desdobramentos dessa disputa enquanto busca soluções para sua estabilidade financeira e imagem institucional.

Receba as principais notícias do Brasil pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do WK Notícias. 

*Com informações Terra Brasil

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários