Quinta, 13 de Junho de 2024
Publicidade

MS inicia campanha de vacinação contra poliomielite; imunização vai até 14 de junho

O Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da SES (Secretaria de Estado de Saúde), promove até 14 de junho a Campanha de Vacinação contra a Poliomie...

28/05/2024 às 11h27
Por: WK Notícias Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução/Secom Mato Grosso do Sul

O Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da SES (Secretaria de Estado de Saúde), promove até 14 de junho a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite. O Estado tem público-alvo estimado em 245.726 crianças e já disponibilizou as doses para vacinar 100% da população dos municípios. Houve treinamento das equipes municipais para execução da estratégia nos territórios.

Continua após a publicidade
Anúncio

A ação visa ampliar a cobertura vacinal e, por isso, é primordial a participação de todas as crianças menores de cinco anos de idade. Para a imunização os pais devem levá-las a uma UBS (Unidade Básica de Saúde) do seu município com a caderneta de vacinação.

A poliomielite, doença infectocontagiosa aguda, é caracterizada pela contaminação pelo poliovírus que pode causar paralisia muscular dos membros inferiores, de forma assimétrica e irreversível. Em casos graves, ela pode evoluir a óbito, sendo a vacinação a principal forma de prevenção.

Para Frederico Jorge Pontes de Moraes, gerente de Imunização e Doenças Imunopreveníveis, a estratégia de vacinação é fundamental para a redução do risco de reintrodução do poliovírus no Brasil, que se encontra eliminada no país desde 1994.

“A poliomielite traz complicações graves ao longo da vida. Entretanto, graças a vacinação a doença foi freada no Brasil. Como ainda há circulação do vírus em outros países, é fundamental que mantenhamos o alerta”, afirma.

A expectativa é imunizar 95% das crianças entre um e menores de cinco anos de idade. No ano de 2022, última campanha nacional, Mato Grosso do Sul alcançou 73,95% da meta, de acordo com o Painel de Monitoramento da Coberturas Vacinais do Ministério da Saúde.

Atualmente, o país está em processo de transição para a substituição das duas doses de reforço da vacina oral poliomielite (VOP) para um reforço com vacina inativada poliomielite (VIP). A previsão é de que a medida seja adotada no segundo semestre de 2024.

Continua após a publicidade

As crianças menores de 1 ano de idade deverão ser vacinadas conforme a situação vacinal encontrada para o esquema primário (três doses da VIP – Vacina Inativada Poliomielite), e as crianças de 1 a 4 anos deverão ser vacinadas indiscriminadamente com a VOP (Vacina Oral Poliomielite), desde que já tenham recebido o esquema primário com VIP.

Marcus Moura, Comunicação SES
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários