Domingo, 21 de Julho de 2024
Publicidade

Lucas Paquetá enfrenta acusação da Federação Inglesa por forçar cartões amarelos na Premier League

Meio-campista do West Ham é alvo de investigação após suspeitas de envolvimento em esquema ilegal de apostas

05/06/2024 às 11h58
Por: Tatiana Lemes
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Federação Inglesa de Futebol (FA) lançou uma acusação séria contra Lucas Paquetá, meio-campista do West Ham, alegando que o jogador teria forçado cartões amarelos em partidas da Premier League para beneficiar um esquema ilícito de apostas. Segundo reportagens do portal inglês The Sun, a entidade está buscando a suspensão do atleta do futebol profissional.

Continua após a publicidade
Anúncio

O caso se baseia em quatro jogos específicos nos quais Paquetá teria sido flagrado forçando cartões amarelos. Estes incluem partidas contra Leicester, Aston Villa, Leeds e Bournemouth, em diferentes momentos entre 2022 e 2023. A acusação aponta que aproximadamente 60 pessoas da Ilha de Paquetá, o bairro natal do jogador, realizaram apostas em situações envolvendo o meio-campista. Tais palpites foram registrados no site da Betway, patrocinadora master do clube onde Paquetá atua.

O primeiro incidente ocorreu durante a partida contra o Leicester, quando Paquetá recebeu um cartão amarelo após uma entrada em Boubakary Soumare, seguida de um lance agressivo contra Dennis Praet. Os outros casos envolvem situações semelhantes, com faltas em jogadores adversários em momentos estratégicos das partidas.

A acusação da FA levanta sérias questões sobre a integridade do jogador e do esporte em geral, colocando em destaque a necessidade de investigação aprofundada e medidas disciplinares adequadas, caso as alegações sejam comprovadas.

Receba as principais notícias do Brasil pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do WK Notícias. 

*Com informações Metrópoles

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários