Quinta, 13 de Junho de 2024
Publicidade

Bolsonaro confirma oposição do PL à MP do PIS/Cofins

Ex-presidente garante posicionamento contrário à medida proposta pelo Governo Lula

11/06/2024 às 10h05
Por: Tatiana Lemes
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Medida Provisória 1.227/24, conhecida como MP do PIS/Cofins, encontrará resistência por parte dos parlamentares do Partido Liberal (PL), conforme assegurou o ex-presidente Jair Bolsonaro. Bolsonaro argumenta que o texto representa um grave problema para o agronegócio brasileiro e outros setores, e afirmou que o PL fechou questão e votará contra a medida.

Continua após a publicidade
Anúncio

"Após discussões com nossas lideranças na Câmara e no Senado, o PL fechou questão e anuncia que votará contra essa MP. A sociedade não suporta mais aumentos de tributos, e é exatamente isso que a Medida Provisória 1227/2024 faz ao restringir a compensação tributária do PIS e da Cofins, prejudicando gravemente o agronegócio, entre outros setores", escreveu Bolsonaro.

A MP, publicada pelo governo Lula no último dia 4, limita o uso de créditos tributários de PIS/Cofins, impedindo sua utilização para abater o saldo devedor de outros tributos, como os da Previdência. Caso seja aprovada pelo Congresso, os créditos só poderão ser aplicados para abater o próprio imposto.

Além disso, a medida amplia as restrições ao ressarcimento em dinheiro do crédito presumido de PIS/Cofins, benefícios fiscais destinados a fomentar determinadas atividades econômicas e mitigar o efeito cumulativo dos impostos.

Receba as principais notícias do Brasil pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do WK Notícias. 

*Com informações Pleno News

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários