Sábado, 13 de Julho de 2024
Publicidade

Polícia Civil desencadeia operação e desmantela grupo criminoso que aplicava golpe conhecido como “Boa Noite Cinderela”

Publicado por Keila FloresDois homens foram presos e duas mulheres são consideradas foragidas Nesta quarta-feira, 10/07, a Polícia Civil, por inter...

11/07/2024 às 15h25
Por: WK Notícias Fonte: Polícia Civil - MS
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Polícia Civil - MS
Foto: Reprodução/Polícia Civil - MS

Publicado por Keila Flores

Continua após a publicidade
Anúncio

Dois homens foram presos e duas mulheres são consideradas foragidas 

Nesta quarta-feira, 10/07, a Polícia Civil, por intermédio da DERF – Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos, saiu às ruas para prender integrantes de um grupo criminoso formado por pelo menos dois homens (R.O.R. de 28 anos e L.D.S.Q. de 28 anos)  e duas mulheres (E.A. de 50 anos e E.C.A. de 26 anos), que aplicava o golpe conhecido por “Boa Noite, Cinderela!”. Os dois homens foram presos e as mulheres são consideradas foragidas. 

Os alvos da associação criminosa foram homens na saída de baladas, bares e da Expogrande/2024. Conforme as vítimas, eles eram abordados por uma mulher de cerca de 45 anos que os apresentava à uma mais jovem, cerca de 25 anos, a qual se dizia atraída por eles.

Ludibriados, juntos consumiam bebidas alcoólicas. Depois, simplesmente “apagavam”, notando terem sido roubados apenas no dia posterior.

As investigações apontaram que as vítimas eram dopadas com bebidas “batizadas” servidas pelas mulheres, para, em seguida, serem roubadas. Com as vítimas incapacitadas e sem vontade própria, as mulheres obtinham as senhas de suas contas bancárias e realizavam transferências dos aplicativos instalados nos aparelhos celulares, bem como realizavam compras. Além disso, alguns dos homens foram atraídos para suas casas, de onde também foram subtraídos diversos bens como ares-condicionados, televisões, roupas e joias.

Até o momento, foram confirmadas três vítimas, sendo que uma delas teve prejuízo estimado em R$ 25 mil. A DERF identificou quatro pessoas ligadas ao golpe, sendo dois homens que seriam responsáveis pelo apoio logístico e lavagem do dinheiro obtido das contas das vítimas e duas mulheres responsáveis por atraírem as vítimas e aplicarem os golpes.

Continua após a publicidade

Em abril deste ano, um dos integrantes, R.O.R., de 28 anos de idade, foi preso em flagrante pela DERF, por receptação, por ter comprado uma moto que havia sido furtada no dia 05/04, em frente à UPA Tiradentes. A prisão ocorreu logo após ele utilizar o cartão de uma das vítimas, para pagar o conserto da motocicleta, em uma oficina no Bairro Jardim Campo Alto. Pouco tempo depois, ele foi colocado em liberdade provisória. 

Uma vez identificados os integrantes da associação criminosa, a DERF representou ao Poder Judiciário pela decretação das prisões preventivas, o que foi deferido integralmente pelo Juiz da 5ª Vara Criminal da Capital. Com os mandados de prisão em mãos, nesta quarta-feira, os policiais civis prenderam R.O.R. e L.D.S.Q., que já respondem criminalmente por crimes de roubo majorado, receptação e outros.

Já as mulheres, mãe e filha, não foram encontradas e, até o presente momento, não se apresentaram à Polícia, sendo então consideradas foragidas. Conforme as investigações, E.A. e E.C.A. foram formalmente reconhecidas pelas vítimas, bem como foram flagradas por câmeras de segurança de uma loja de roupas, enquanto faziam compras, via PIX, com o celular subtraído no golpe.

Além disso, foi constatado que E.A. transferiu mais de R$ 20 mil da conta de uma vítima para os dois comparsas, a fim de que eles realizassem repetidas transferências para a conta dela, o que caracteriza o crime de lavagem de dinheiro. Os quatro integrantes do grupo criminoso foram indiciados por associação criminosa e roubo majorado pelo concurso de pessoas, além de lavagem de dinheiro.

A DERF informa que está à disposição de eventuais outras vítimas que porventura reconheçam as mulheres suspeitas de aplicar o golpe. Informações sobre a localização das autoras poderão ser encaminhadas ao número (67) 99986-0295 (WhatsApp).

Foto: Reprodução/Polícia Civil - MS
Foto: Reprodução/Polícia Civil - MS
Foto: Reprodução/Polícia Civil - MS
Foto: Reprodução/Polícia Civil - MS

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Campo Grande, MS
14°
Tempo nublado

Mín. Máx. 21°

13° Sensação
2.57km/h Vento
77% Umidade
44% (0.15mm) Chance de chuva
07h14 Nascer do sol
06h13 Pôr do sol
Dom 24° 10°
Seg 24° 11°
Ter 26° 12°
Qua 29° 14°
Qui 32° 17°
Atualizado às 12h01
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 338,252,08 +2,04%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade