Sábado, 13 de Julho de 2024
Publicidade

Padre preso por importunação sexual em Campo Grande: Arquidiocese age com medidas cautelares

Religioso é acusado de oferecer dinheiro a adolescente em troca de favores sexuais; Arcebispo determina afastamento enquanto investigações prosseguem

08/07/2024 às 11h16 Atualizada em 08/07/2024 às 14h44
Por: Tatiana Lemes
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (8), um padre da Paróquia Nossa Senhora Aparecida das Moreninhas, localizada em Campo Grande, foi preso sob acusação de importunação sexual envolvendo um adolescente de 16 anos. O religioso teria oferecido a quantia de R$ 2 mil ao jovem em troca de favores sexuais, conforme relatado pela polícia.

Continua após a publicidade
Anúncio

O incidente ocorreu após o adolescente, que saiu de casa sem avisar seus responsáveis, procurar abrigo na casa paroquial. Ele entrou em contato com seu pai, pedindo ajuda ao se trancar no banheiro depois que o padre teria tentado tocar suas partes íntimas.

A polícia foi acionada imediatamente e o padre foi detido em flagrante. Durante a prisão, foram encontradas mensagens comprometedoras no celular do adolescente, corroborando as alegações feitas contra o religioso.

Em resposta aos acontecimentos, o arcebispo Dom Dimas Lara Barbosa decidiu afastar o padre de suas funções ministeriais por precaução. Esta medida segue as diretrizes do Direito Canônico e as normativas da Sé Apostólica para a proteção de vulneráveis.

O padre, que foi ordenado em agosto de 2015 e homenageado com o título de cidadão campo-grandense em julho de 2023, enfrentará investigações tanto pelas autoridades civis quanto pelo Tribunal Eclesiástico. Durante o período de afastamento, um Administrador Paroquial será nomeado para assumir as responsabilidades na Paróquia Nossa Senhora Aparecida das Moreninhas.

O padre, que foi ordenado em agosto de 2015 e recebeu o título de cidadão campo-grandense em julho de 2023, agora enfrentará investigações tanto pelas autoridades civis quanto pelo Tribunal Eclesiástico. O caso ressalta a importância de medidas rigorosas para garantir a segurança de menores dentro das instituições religiosas e reforça a necessidade de uma resposta eficaz diante de denúncias de abuso sexual.

As investigações continuam para esclarecer todos os detalhes do incidente e garantir que sejam tomadas as medidas legais cabíveis conforme a legislação vigente. A comunidade aguarda por respostas e medidas concretas para assegurar a integridade de seus membros.

Continua após a publicidade

Receba as principais notícias do Brasil pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do WK Notícias. 

*Com informações Midiamax

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Campo Grande, MS
14°
Tempo nublado

Mín. Máx. 21°

13° Sensação
2.57km/h Vento
77% Umidade
44% (0.15mm) Chance de chuva
07h14 Nascer do sol
06h13 Pôr do sol
Dom 24° 10°
Seg 24° 11°
Ter 26° 12°
Qua 29° 14°
Qui 32° 17°
Atualizado às 12h01
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 337,500,89 +1,82%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade