Sábado, 13 de Julho de 2024
Publicidade

Operação da PF desmantela esquema de espionagem na Abin; saiba quem são os alvos de prisão

Mandados de prisão atingem ex-funcionários ligados ao governo anterior e agentes públicos em cinco estados brasileiros

11/07/2024 às 11h39
Por: Tatiana Lemes
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (11), uma operação de grande porte da Polícia Federal sacudiu Brasília e outras quatro cidades brasileiras ao desarticular um suposto esquema de espionagem ilegal dentro da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). A ação resultou na execução de cinco mandados de prisão, destacando-se entre os alvos ex-funcionários ligados ao governo anterior.

Continua após a publicidade
Anúncio

Além das prisões, sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos, abrangendo locais estratégicos em Brasília, Curitiba, Juiz de Fora, Salvador e São Paulo. A investigação, que ainda está em curso, visa desvendar as conexões e os métodos utilizados por indivíduos que ocupavam cargos de assessoria dentro da Abin e outros órgãos governamentais.

Entre os detidos está Giancarlo Gomes Rodrigues, ex-assessor da Abin e militar do Exército Brasileiro, apontado como uma peça central no esquema investigado. Marcelo Araújo Bormevet, agente da Polícia Federal desde 2005, e Mateus Sposito, ex-assessor do Ministério das Comunicações, também estão entre os presos, todos sob acusações relacionadas à suposta rede de espionagem.

Durante as buscas, foram apreendidos equipamentos como computadores e celulares na residência de Rodrigues, indicando a seriedade das investigações e o potencial impacto das descobertas sobre a segurança nacional. Medidas judiciais já foram aplicadas, incluindo a suspensão de funções públicas dos envolvidos, enquanto novos desdobramentos são esperados nas próximas fases da investigação.

A repercussão deste caso tem sido intensa, com autoridades e o público atentos aos próximos passos da operação. A transparência e a continuidade das investigações são fundamentais para esclarecer a extensão das atividades ilegais dentro da Abin e seus possíveis impactos na segurança do país.

Receba as principais notícias do Brasil pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do WK Notícias. 

*Com informações Terra Brasil

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Campo Grande, MS
14°
Tempo nublado

Mín. Máx. 21°

13° Sensação
2.57km/h Vento
77% Umidade
44% (0.15mm) Chance de chuva
07h14 Nascer do sol
06h13 Pôr do sol
Dom 24° 10°
Seg 24° 11°
Ter 26° 12°
Qua 29° 14°
Qui 32° 17°
Atualizado às 12h01
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 337,354,88 +1,77%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade