Quinta, 13 de Junho de 2024
Publicidade

Tirania as vésperas da Independência?

Agora, um aviso aos preguiçosos: ninguém entra em combate no conforto do "fique em casa"

06/09/2023 às 11h24
Por: Pedro Rodrigues
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Logo após “empenarem” os sistemas judicial e eleitoral para tomarem o poder da nação, ontem (5), às vésperas da data comemorativa da independência do Brasil, o sistema golpista parece ter iniciado, oficialmente, o processo bolivariano de implantação do socialismo fechado, com o estabelecimento do poder central e absoluto nas mãos da casta privilegiada, formada por aqueles que conseguiram tomar o poder e agora dominam.

Continua após a publicidade
Anúncio

O Supremo Tribunal Federal teve a coragem de estabelecer o fim da propriedade privada, usando somente como parâmetro as terras produtivas, pois não se limitará a elas, se refletirá também nos imóveis privados, principalmente no proprietário que possuí mais de um imóvel ou que resida sozinho em seu próprio imóvel. Não se engane, este é o início do fim do privado no Brasil; para o socialismo, nem a família é poupada, tudo tem que estar sob o domínio e regência do estado, do poder central.

O Ministro da Justiça teve a confortável audácia de dar à Lula o poder de patrulhamento de todo cidadão brasileiro, ao declarar publicamente, que a Polícia Federal já está aparelhada o suficiente para servir exclusivamente as necessidades de poder da pessoa do presidente, o chefe, o mandatário da república, que logo em seguida já decretou a censura dos bastidores do poder, declarando que o povo não está interessado em tomar conhecimento das decisões da casta dominante, se arvorando assim, do poder soberano de estatizar as vontades do povo, instituindo o que decidirem ser o melhor para seus súditos.

Toda estrutura do pacote maligno e anticristão do socialismo bolivariano, aos moldes da Venezuela, já está estabelecida sob o que restou, pós-eleição, da estrutura cristã, democrática e livre de nosso país. A única força contrária que ainda existe e com poder mais que suficiente para resistir e desfazer todo este pacote de maldade e controle que se arvora, é a de Deus, mas que precisa ser exercida por todo aquele que crê e confessa o nome de Seu filho Jesus. Estes são os militares do Exército de Deus, que por isto, precisam ser militantes de Sua causa e propósito.

O papel do militar de qualquer exército, é obedecer ao comando de seu general, sair de seu conforto (parentela), ir ao teatro de guerra que ele indicar e lá, combater o combate que ele planejou. Agora, um aviso aos preguiçosos: ninguém entra em combate no conforto do "fique em casa"!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários