Terça, 28 de Maio de 2024
Publicidade

RS: Veja Como garantir o Auxílio Reconstrução de R$ 5,1 mil pós-enchentes

Medida emergencial visa apoiar a reconstrução de lares afetados pelas enchentes; benefício atenderá 240 mil famílias

16/05/2024 às 08h46
Por: Tatiana Lemes
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O governo federal anunciou um auxílio emergencial no valor de R$ 5,1 mil para famílias desalojadas ou desabrigadas devido às intensas chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul (RS). A iniciativa faz parte de um pacote de ações de socorro ao estado, que sofre com enchentes há cerca de duas semanas. A tragédia afeta 452 municípios, resultando em 149 mortes, 108 desaparecidos e 538 mil pessoas desalojadas. O auxílio deve contemplar 240 mil famílias, com um custo estimado de R$ 1,2 bilhão.

Continua após a publicidade
Anúncio

Detalhes do Auxílio

Objetivo e Destinação do Recurso

O auxílio visa ajudar as famílias a comprarem eletrodomésticos, materiais de construção e outros itens essenciais para a reconstrução de suas moradias. O benefício será operacionalizado pelo Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional e pago pela Caixa Econômica Federal.

Quem Pode Receber

  • Famílias desalojadas ou desabrigadas em municípios com estado de calamidade ou situação de emergência reconhecida pelo governo federal.
  • Os municípios informarão a relação de famílias que tiveram as casas atingidas pelas enchentes.
  • Os beneficiários deverão preencher uma autodeclaração e apresentar um comprovante de endereço.

Procedimento de Pagamento

  • O pagamento será em parcela única, limitado a um recebimento por família.
  • O valor será enviado via Pix para a conta do beneficiário.
  • Casas chefiadas por mulheres terão prioridade no recebimento do recurso.

Início dos Pagamentos e Facilidades

Ainda não há data confirmada para o início dos pagamentos. O ministro da Casa Civil, Rui Costa, destacou que a Caixa poderá firmar parcerias com empresas de água, luz e telefonia para garantir que todos os beneficiários recebam o auxílio.

“As pessoas que perderam seus documentos vão precisar apenas do número de CPF para solicitar via aplicativo, com uma autodeclaração. Quem não puder comprovar o endereço será checado utilizando todos os cadastros do governo federal para conferir e automaticamente fazer o pagamento,” explicou o ministro.

Continua após a publicidade

Receba as principais notícias do Brasil pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do WK Notícias. 

*Com informações Metrópoles

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Campo Grande, MS
10°
Tempo nublado

Mín. 10° Máx. 17°

Sensação
5.14km/h Vento
82% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h06 Nascer do sol
06h06 Pôr do sol
Qua 19° 10°
Qui 23° 10°
Sex 26° 13°
Sáb 29° 15°
Dom 32° 18°
Atualizado às 09h02
Economia
Dólar
R$ 5,16 -0,32%
Euro
R$ 5,60 -0,21%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,50%
Bitcoin
R$ 371,996,81 -2,24%
Ibovespa
124,775,64 pts 0.22%
Publicidade