Domingo, 21 de Julho de 2024
Publicidade

Velório de Pelé será aberto ao público no dia 2 de janeiro na Vila Belmiro

Enterro será na terça-feira (3), após cortejo que passará pelo Canal 6 de Santos, onde mora sua mãe, dona Celeste

30/12/2022 às 06h45 Atualizada em 02/01/2023 às 09h03
Por:
Compartilhe:
Sepultamento será realizado no Memorial Necrópole Ecumênica, reservado para a família.
Sepultamento será realizado no Memorial Necrópole Ecumênica, reservado para a família.

O velório do Rei do Futebol, Pelé, será realizado na próxima segunda-feira (2), no estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, em Santos, no litoral de São Paulo. O início da cerimônia está previsto para as 10h (de Brasília).

Continua após a publicidade
Anúncio

O corpo será transportado do Hospital Israelita Albert Einstein direto para o estádio na madrugada de segunda, dia 1º. Quando chegar ao local, o caixão será posicionado no centro do gramado.

As pessoas que desejarem se despedir do ex-jogador poderão entrar na Vila Belmiro pelos portões 2 e 3. A saída será efetuada pelos portões 7 e 8. As autoridades terão acesso pelo portão 10.

O enterro será às 10h (de Brasília) da terça-feira (3). Posteriormente, acontecerá um cortejo pelas ruas da cidade, que passará pelo Canal 6, onde mora a mãe de Pelé, dona Celeste.

O sepultamento será realizado no Memorial Necrópole Ecumênica, sendo reservado para a família.

Morte de Pelé

O eterno camisa 10 da seleção brasileira morreu às 15h27, em decorrência da falência de múltiplos órgãos, resultado da progressão do câncer de cólon associado à sua condição clínica prévia, segundo o boletim médico.

Continua após a publicidade

O craque vinha tendo cuidados paliativos, recebendo medidas de conforto para aliviar dores e falta de ar. Pelé passou por uma cirurgia para a retirada de um tumor em 4 de setembro do ano passado.

O ex-jogador chegou ficar estável após a cirurgia, mas teve de retornar para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em 17 de setembro, depois de um quadro de instabilidade respiratória. Quando se recuperou, foi encaminhado para a unidade de tratamento semi-intensivo.

Boletim médico divulgado na quarta-feira (21) afirmou que Pelé apresentava “progressão da doença oncológica” e que requeria” “maiores cuidados relacionados às disfunções renal e cardíaca”.

Em postagem no Instagram nesta quarta, a filha de Pelé, Kely Nascimento, afirmou que os dois passariam o Natal no hospital e, em tom de brincadeira, disse que transformariam o quarto “em um sambódromo”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários