Sábado, 13 de Julho de 2024
Publicidade

Segunda fase da Operação Turn Off prende empresários acusados de lavagem de dinheiro em MS

Sergio Duarte Coutinho e Lucas Coutinho foram detidos novamente após continuarem a prática de crimes, incluindo lavagem de capitais, segundo o Gaeco

06/06/2024 às 11h34
Por: Tatiana Lemes
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio do Grupo Especial de Combate à Corrupção (GECOC) e do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), realizou a segunda fase da Operação Turn Off, resultando na prisão dos empresários e irmãos Sergio Duarte Coutinho e Lucas Coutinho. De acordo com o Gaeco, os empresários continuaram a praticar novos crimes, principalmente lavagem de dinheiro, ocultando bens obtidos ilicitamente em valores que ultrapassam os 10 milhões de reais.

Continua após a publicidade
Anúncio

Os alvos das prisões preventivas são réus e foram denunciados por fraudes e desvio de dinheiro em diversas compras públicas. O montante desviado pelo grupo superou os R$ 6 milhões inicialmente apurados e pode ultrapassar os R$ 10 milhões.

Segundo as investigações, os empresários e irmãos Lucas de Andrade Coutinho e Sérgio Duarte Coutinho Júnior, com o auxílio de servidores públicos estaduais e municipais e demais cooptados, atuaram em benefício próprio para fraudar diversos processos licitatórios e desviar verbas públicas. O esquema envolveu práticas ilícitas em compras realizadas pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Campo Grande e em municípios como Itaporã, Rochedo e Corguinho.

As denúncias incluem a fraude em processos licitatórios, direcionamento de compras, lavagem de dinheiro e pagamento de propina a servidores públicos em troca de favorecimento em contratos. O MPMS pede uma reparação de danos no valor de R$ 20 milhões, sendo metade para reparar os prejuízos à FFMS e o restante por danos morais coletivos.

Os investigadores destacam a amplitude da atuação ilícita dos empresários em diversos municípios do estado, apontando para a contínua prática de crimes mesmo após a prisão na primeira fase da operação. A Justiça negou pela segunda vez o pedido de liberdade dos acusados.

Receba as principais notícias do Brasil pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do WK Notícias. 

*Com informações Investiga MS

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Campo Grande, MS
14°
Tempo nublado

Mín. Máx. 21°

13° Sensação
2.57km/h Vento
77% Umidade
44% (0.15mm) Chance de chuva
07h14 Nascer do sol
06h13 Pôr do sol
Dom 24° 10°
Seg 24° 11°
Ter 26° 12°
Qua 29° 14°
Qui 32° 17°
Atualizado às 12h01
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 337,806,07 +1,91%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade