Sexta, 19 de Julho de 2024
Publicidade

Paraná tem a maior produção de frango desde 1997

Foram mais de 2 bilhões de aves produzidas no estado

20/03/2023 às 14h29
Por:
Compartilhe:
A produção de frango foi a maior da série histórica desde 1997
A produção de frango foi a maior da série histórica desde 1997

O ano passado foi de recorde para a produção de carne de frango no Paraná.

Continua após a publicidade
Anúncio

Com base em dados divulgados na última semana pelo painel “Dados da Estatística da Produção Agropecuária”, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estado ressalta: produziu mais de 2 bilhões de aves de janeiro a dezembro de 2022.

Segundo o governo paranaense, foi o maior volume da série histórica, iniciada em 1997, quando o IBGE começou a fazer mensurações desse tipo.

Em comunicado, as autoridades do estado valorizam o fato de o montante representar mais de um terço de toda a produção de carne de frango do Brasil. Em 2022, o país produziu pouco mais de 6 bilhões de unidades.

No comparativo com 2021, a produção de carne de frango pelo Paraná aumentou exatas 425.748.204 aves, em 2022. Assim, o estado sulista fechou o ano passado com a marca de 2.044.433.779. Para este ano, a expectativa é a de que o segmento siga em crescimento.

A Secretaria da Agricultura e do Abastecimento paranaense fala em investimentos na indústria, instalação de novas plantas e até reativação da operação de determinadas fábricas.

Aumento na produção e nas exportações de frango

Continua após a publicidade

Na parte de carne de frango, o aumento da produção foi acompanhado das exportações.

Em 2022, o Paraná registrou avanço de 31,7% nos envios do produto para o exterior. Dessa forma, a receita com o segmento saltou de US$ 2,7 bilhões para US$ 3,6 bilhões.

Diante desse cenário, o frango passou a soja e assumiu a primeira posição de produto mais exportado pelo Paraná.

Ainda em relação ao mercado internacional, o governo paranaense informa que três países asiáticos foram os principais compradores desse tipo de proteína animal em 2022:

  1. China — US$ 776 milhões;
  2. Emirados Árabes Unidos — US$ 334 milhões; e
  3. Japão — US$ 274 milhões).

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Paraná, Norberto Ortigara, avalia que o aumento pela procura da carne de frango paranaense ocorreu por fatores como, por exemplo, a guerra entre Rússia e Ucrânia e a inflação nacional. Ele, contudo, enaltece a qualidade do produto.

“São vários atributos que nos conferem uma presença importante no mercado externo” — Norberto Ortigara

“Temos qualidade reconhecida, tanto no frango in natura como no processado, além de sanidade reconhecida internacionalmente”, diz Ortigara. “São vários atributos que nos conferem uma presença importante no mercado externo, levando a carne paranaense para todo o mundo”, complementou o secretário.

Recentemente, Ortigara integrou a comitiva paranaense que, liderada pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior, foi ao Japão e à Coreia do Sul para tratar da abertura de novos mercados para a carne de frango produzida no Paraná.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários